Cermissões - Ultimas Notícias

ASSEMBLÉIA ELEGE A NOVA DIRETORIA DA FECOERGS.

CERMISSÕES

Na assembléia geral ordinária da federação das cooperativas de energia (Fecoergs), realizada no dia 07/05, foi analisado o seu desempenho e o das 23 cooperativas filiadas, no exercício de 2011.

Estiveram presentes cooperativas filiadas, representadas por presidentes e assessores das áreas técnica, contábil e administrativa.

Para dirigir os trabalhos da assembléia à mesa foi composta pelo presidente da federação, Jânio Vital Stefanello, pelo vice - presidente Iloir de Pauli e pelo secretário Querino Volkmer.

De início o secretário Querino fez a leitura do edital de convocação da assembléia e na seqüência o presidente Jânio fez apresentação do relatório do exercício de 2011.

Destacou a ligação de 6.714 novas propriedades rurais, as negociações sobre o processo de regularização das cooperativas junto à agência nacional (Aneel) e ao bom relacionamento e o intercâmbio técnico e administrativo das coirmãs, item importante e definido no planejamento estratégico da Fecoergs, para o período 2010 - 2015.

“Precisamos nos preparar e estar atentos as normas da Aneel, em especial a resolução 414, que trata do relacionamento com o associado, para isto devemos continuar os treinamentos e os debates sobre a aplicação desta norma”, salientou o secretário Querino.

O superintendente da entidade José Zordan, destacou a participação das cooperativas no programa para reforço de redes, com recursos parte da Eletrobrás, na ordem de 80 milhões de reais e salientou: “O bom desempenho das cooperativas nesta primeira etapa de aplicação destes recursos poderá habilitar as cooperativas a receberem mais recursos daquele órgão”.

Com a recuperação, em parte, da economia em 2011 as cooperativas distribuíram 7,31% a mais de energia, comparado com 2010, sendo este valor o dobro do consumo médio nacional que foi 3,60%.

Isto ocorreu, lembrou Stefanello, “devido ao bom desempenho do consumo das indústrias na área das cooperativas que tiveram 9.24% de aumento, ao passo do consumo nacional neste segmento foi de apenas 2,3%”.

A energia gerada pelas 21 usinas, do sistema Fecoergs, poderia atender 11% da necessidade das cooperativas, já foi maior este percentual, porém a baixa participação foi ocasionada pela seca que assola o Estado.

“Não podemos nos queixar do desempenho das nossas cooperativas, que apesar das previsões de diminuição na produção agrícola, as nossas filiadas tiveram um bom ano e as previsões são de um ano 2012 parecido ao anterior”, disse o presidente Stefanello.

Dentro do projeto de treinamentos e padronização do sistema de distribuição de energia foi apresentado que em 2011 foram liberados pelo Sescoop/RS recursos na ordem de 400 mil reais, isto tornou viável o treinamento e o aperfeiçoamento de 1.028 técnicos.

“Desde 2004 as cooperativas já treinaram 5.234 técnicos o que qualificou ainda mais a prestação dos serviços aos associados”, disse o superintendente Zordan. Nesta assembléia foi eleita a nova diretoria da federação, sendo reconduzido à presidência Jânio Vital Stefanello, vice-presidente Querino Volkmer e para secretário Renato Pereira Martins.

A diretoria executiva eleita deverá defender os interesses das filiadas para o período 2012 – 2014.

O conselheiro Egon Hoerlle, presidente da Certel, manifestou seu apoio à continuidade do presidente Jânio, principalmente pelo processo de regularização em andamento na agência reguladora (Aneel) e que vem sendo bem conduzido.

De sua parte o presidente da Ceriluz, Iloir de Pauli, endossou as manifestações de apoio à continuidade de Stefanello, na condução da federação, pois as tratativas e as negociações devem ter continuidade sem a troca de interlocutor.

De sua parte o presidente reeleito Jânio, agradeceu o apoio recebido e disse: “apesar de não ser o nosso desejo em continuar a testa da federação vamos, junto com os companheiros de diretoria, trabalhar para que as cooperativas possam dar continuidade, com segurança, no trabalho realizado a mais de 50 anos”.

A Fecoergs representa 23 cooperativas de geração de energia e desenvolvimento rural, com 21 usinas, atuam na área de 358 municípios, através de 64 mil quilômetros de redes, com 59.000 mil transformadores instalados, beneficiando com energia 255 mil famílias, o que equivale a uma população de mais de um milhão e duzentos mil gaúchos.

O presidente da CERMISSÕES Diamantino Marques dos Santos foi eleito conselheiro de administração efetivo e o vice-presidente Diomedes Rech como conselheiro fiscal efetivo.(Fecoergs - 07/05)

 

 

Untitled Document












Telefones

0800 541 1122
55 3355 3000
Av. Santa Lúcia,1176
Centro, Caibaté - RS
CEP 97930-000


Localização




Mapa
Notícias
Documentos
Institucional
Comercial
Contato
Intranet
 
Normas Técnicas
Atendimento 24 horas
Central de Notícias
Interrupção Programada
Perguntas Frequentes
Administração e Conselheiros