Cermissões - Ultimas Notícias

CERMISSÕES TROCOU O ÚLTIMO POSTE DE MADEIRA

CERMISSÕES

A quarta-feira, 15 de agosto de 2018 passou para os anais históricos da CERMISSÕES, pois a exatos 30 anos após a fabricação do primeiro poste de concreto na Fábrica Própria da Cooperativa, a Administração da CERMISSÕES através da Área Técnica realizou a troca do último poste de madeira dos seus mais de 6.220 km de redes elétricas.

          O último poste de madeira possuía 17 metros de comprimento e estava implantado as margens do Rio Ijuí em uma travessia na divisa dos municípios de Roque Gonzales e Dezesseis de Novembro em local de difícil acesso, na localidade de Colônia Laranjeira. A troca foi realizada pela Equipe do Capataz Leocir da Rosa com auxílio do caminhão da turma, o cavalinho da carreta de transporte de postes que é dotada de guindaste com braço mais longo e da retroescavadeira, onde foi necessário a abertura de acesso para a chegada dos caminhões.

          O ato de troca do último poste de madeira das redes da CERMISSÕES contou com a presença do Presidente (Diamantino Marques dos Santos), Vice-Presidente (Diomedes Rech), Engenheiro Eletricista Responsável pela coordenação das Equipes de Construção e Manutenção (Fábio Silva), Coordenador de Comunicação (Valdir Velozo), Motorista (Dorival Silva), assim como os demais Colaboradores envolvidos na execução do serviço.

E para a surpresa dos presentes, o poste estava cravado na propriedade do Associado (Olmiro Machado, 76 anos de idade), que juntamente com o neto (Marcel Machado Rauber, 36 anos), ao comparecer ao local, lembrou que em 1976, quando foi construída aquela obra, ele trabalhava na turma da CERMISSÕES, e assim relatou: “naquela época o serviço era braçal, abrindo picadas para construir as redes, tudo era na base da foice e machado, sendo que os postes eram arrastados com cordas pela Equipe formada por 10 a 12 homens e levantados aos poucos com auxílio primeiro de uma forquilha reforçada e baixa conhecida como touro, após com forquilhas de ferro com cabos feitos de varas de eucalipto de vários comprimentos, algumas outras escoras e muita força humana”

O Presidente Diamantino Marques dos Santos afirmou que: “quando juntamente com o Conselho de Administração em seu primeiro mandato de Presidente da CERMISSÔES (1987), sentiram a necessidade de eliminar os graves problemas dos postes de madeira existentes nas redes de energia que por falta de qualidade apodreciam muito rápido, enfrentavam o problema do fogo durante a época das queimadas, ação dos pica-paus, muitos quebravam com facilidade com a ação dos temporais, etc... Foi então que decidiram construir e colocar em operação a Fábrica de Postes, com a fabricação do primeiro poste em 15 de agosto de 1988, e depois de muito planejamento, trabalho e investimento a exatamente 30 anos da fabricação do primeiro poste, neste 15 de agosto de 2018, trocamos o último poste de madeira por concreto. Foram 64.539 postes fabricados, sendo que o investimento contabilizado durante as três décadas pela Cooperativa na substituição dos 65.202 postes, foi de R$ 50.142.453,55, junto com essa ação, há uma renovação das redes, pois, quando troca o poste se faz a manutenção preventiva, com a substituição de cruzetas, isoladores, amarrilhos e parte dos cabos, aumentando com isso a longevidade da rede, segurança e a estabilidade da energia elétrica distribuída a Família Social”.

 

 

Untitled Document












Telefones Úteis

Atendimento Cermissões:
0800 541 1122

Atendimento Comercial:
(55) 3355 - 3000


ANEEL: 167

AGERGS:
0800 727 0167
Av. Santa Lúcia,1176
Centro, Caibaté - RS
CEP 97930-000


Localização




Mapa
Notícias
Documentos
Institucional
Comercial
Contato
Intranet
 
Normas Técnicas
Atendimento 24 horas
Central de Notícias
Perguntas Frequentes
Administração e Conselheiros