CERMISSÕES
Carregando ...

CERMISSÕES ORIENTA ASSOCIADOS SOBRE CUIDADOS EM DIAS DE TEMPORAIS

Data: 18/07/2023

Após dois anos em que ocorreram somente pequenos prejuízos em decorrência de temporais nos sistemas de distribuição de energia da Cermissões, na última semana, o ciclone que atingiu várias regiões do Estado, também causou prejuízos à Cooperativa, e transtornos aos associados.

Mais de 3.000 unidades consumidoras ficaram sem energia elétrica, sendo que a região de atuação da Cermissões mais atingida foi Cerro Largo, Salvador das Missões e Rolador. Apesar dos grandes prejuízos, não houve vítimas do temporal, o que é motivo de agradecimento.

Ao logo de sua história de 62 anos, a Cermissões enfrentou várias situações calamitosas. Uma das mais recentes e devastadores, ocorreu em outubro de 2017, quando 50 postes de concreto no trecho entre o alimentador e a Subestação São Miguel Arcanjo de São Miguel das Missões quebraram com a força do vento, deixando sem luz mais de 7 mil associados de Bossoroca, São Luiz Gonzaga, Entre-Ijuís, Eugênio de Castro e São Miguel das Missões.

Apesar de termos novas ferramentas para gerenciar o atendimento com mais agilidade, os problemas causados por um temporal, geralmente envolvem uma queda de árvore, ruptura de cabos ou queima de transformadores, e exigem equipes reforçadas e um tempo de restauração de energia mais prolongado, salienta Junior de Oliveira Schlotefeldt Coordenador da Central de Operações e Distribuição – COD.

A Cermissões possuiu licenciamento junto ao IBAMA e FEPAM, para manejo de árvores que apresentem algum risco as redes elétricas, e este trabalho é constante nos 6.300 quilômetros de redes da Cooperativa, justamente para diminuir os problemas em dias de vendavais.  O licenciamento permite atuar em uma faixa de 7,5 metros para cada lado da rede, tendo como referência o cabo central. O maior problema atualmente são os eucaliptos, pois muitas vezes esta espécie ultrapassa em sua altura, a distância permitida para sua remoção, e alguns associados não permitem a retirada, porém se caírem sobre a rede, os próprios associados são prejudicados, explica Rudinei Santos, Coordenador das Equipes de Construção.

O Presidente da Cermissões há 36 anos, Diamantino Marques dos Santos, destaca que a Cooperativa tem investido cada vez mais nas redes de distribuição, utilizando materiais da melhor qualidade, cabos reforçados, deslocando redes para as margens das estradas, adquirindo equipamentos modernos e treinando os funcionários, para reestabelecer a energia o mais rápido possível, após uma tempestade. “Desde 2018, não temos mais nenhum poste de madeira, que eram mais suscetíveis à (problemas). Hoje nossa fábrica de postes garante maior qualidade, e muito raramente ocorre a quebra de um poste, a não ser com o impacto de uma árvore ou acidente. Já passei por muitos momentos complicados, pois só tomamos conhecimento da quantidade de problemas, após as tempestades, e os associados sofrem com a falta de luz, por isso que a determinação é de mobilização total das equipes, em emergências, e isso tem dado resultado, na semana passada em menos de 24h, 100% dos associados atingidos pelo ciclone, estavam com a energia reestabelecida” frisou Diamantino.

CERMISSÕES ORIENTA

Para evitar acidentes com energia elétrica em dias de chuvas e temporais, a equipe técnica da Cermissões reuniu algumas informações/orientações extremamente importantes aos associados.

Conforme os engenheiros eletricistas da Cooperativa Nerisom Rohleder e Eluir Inácio Hoffmann, alguns dos cuidados mais importantes vem desde um projeto elétrico bem elaborado e corretamente executado por profissionais da área elétrica, preocupando-se em seguir todas as normas técnicas para dimensionamento de componentes e práticas corretas nas instalações elétricas.

Possuir um sistema de aterramento elétrico bem executado no imóvel é imprescindível para garantir segurança da instalação e das pessoas que ocupam o local, visto que equipamentos elétricos que apresentem fugas de correntes para a carcaça não oferecerá perigo às pessoas se estiverem devidamente conectados a um bom sistema de aterramento. Outro dispositivo importantíssimo nas instalações elétricas residenciais é o DR (Dispositivo Diferencial Residual) que protege pessoas contra choques elétricos em tomadas e equipamentos. ” Optar por produtos normatizados (cabos, fios, componentes elétricos), para ter uma instalação elétrica confiável, e fazer uma revisão elétrica periódica no cabeamento das instalações sempre que forem instalados novos equipamentos elétricos de potência considerável (ar condicionado, chuveiro, aquecedor, etc.), são ações cruciais que aumentam significativamente a segurança da instalação e de seus ocupantes, explicam Nerisom e Eluir.

Não instale tomadas em paredes úmidas, não improvise instalações ligando vários equipamentos em “T”s, e nem utilize fios emendados para energizar algum equipamento, acrescentam os engenheiros eletricistas da Cermissões.

INUNDAÇÕES, TROVÕES E RAIOS

Quando houver a incidência de raios e trovões, retire das tomadas os equipamentos eletrônicos como televisão, ventilador, computador, carregadores de celular, máquinas de lavar, entre outros. No ato, sempre use um calçado que possua solado isolante.

Em caso de inundações nas residências, é necessário desligar imediatamente o disjuntor geral de proteção localizado no quadro elétrico. Para o religamento, um profissional deve ser chamado para fazer os devidos reparos e revisões nas instalações previamente.

Elimine goteiras ou vazamentos de fluidos nas instalações elétricas. Se existirem, desative/desenergize imediatamente os circuitos e tomadas afetados por umidade, por questão de segurança da instalação e das pessoas ocupantes do local.

CUIDADOS FORA DE CASA

Durante temporais, evite se abrigar em árvores, em locais molhados como piscinas, e em locais abertos, pois o risco de ser atingido por um raio é alto. Procure sempre se abrigar em construções de alvenaria e veículos.

Em caso de cabos elétricos em contato com o chão, isole o local, e não permita que pessoas se aproximem ou toquem nos cabos elétricos, pois os mesmos podem estar energizados, e ligue imediatamente para a Cermissões 0800.541.1122. A Cermissões irá deslocar uma equipe de plantão até o local para resolver a situação.

A Cermissões orienta ainda que, em caso de choque elétrico, não se deve tentar tocar na vítima que está recebendo a descarga. É preciso manter a calma, e a melhor alternativa é desligar o disjuntor de proteção ou a chave geral para interromper a corrente elétrica, e ligar imediatamente para a emergência pelo número 192.

Na Central de Operações e Distribuição - COD, a Cermissões acompanha em tempo real a previsão do tempo, para organização do trabalho das equipes de construção, e emissão de alerta para as equipes de plantão em caso de temporais.

FALE COM A CERMISSÕES

Qualquer dúvida, informação ou orientação que você precise, contate a Cermissões através dos seguintes canais:

- Ligação gratuita, disponível, 24h, para 0800.541.1122.

- WhatsApp 55.3355.3000.

- Messenger do Facebook e Instagram.

- Site www.cermissoes.com.br

- Aplicativo da Cermissões.

Cermissões, a Luz das Missões!



Vanes Davi Della Flora
Assessor de Comunicação

Data: 14/06/2024  
INFORMATIVO CERMISSÕES NO RÁDIO
Saiba mais

Data: 14/06/2024  
DEFINIDA NOVA DIRETORIA DA AFUCER
Saiba mais

Data: 13/06/2024  
CAMINHÃO CARREGADO COM RETROESCAVADEIRA QUEBRA POSTE DE LUZ
Saiba mais